Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas do Chão Salgado

resistir e criar, por mais que nos salguem o chão dos dias | crónicas, memoirs, leituras e imperdíveis por aí

Crónicas do Chão Salgado

resistir e criar, por mais que nos salguem o chão dos dias | crónicas, memoirs, leituras e imperdíveis por aí

tardes de canela e amor

8952C5CF-1FE0-4ED3-BB0A-059EBAE9DD9C.jpeg

É uma tarde de chuva em que ficamos no quente do chá e no doce do bolo, que espalha pela casa o cheirinho a canela e amor.
 
Recordo outras tardes noutros dias bem mais frios, na outra vida feita de lezíria e Tejo.
 
Recordo com saudade e um sorriso, e logo volto a mais um golo de chá, que o presente está já aqui e cada minuto me chama ao aconchego de um hoje que vale tanto a pena.
 
 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.