Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas do Chão Salgado

resistir e criar, por mais que nos salguem o chão dos dias | crónicas, memoirs, & leituras

Crónicas do Chão Salgado

resistir e criar, por mais que nos salguem o chão dos dias | crónicas, memoirs, & leituras

“O Inferno são os outros”

EF767829-1AA9-48DE-A28F-1D4D01E01DAF.jpeg

Passam-me os posts de uma qualquer rede social na frente, e pululam os que me tentam convencer que há algo de errado comigo. Ou fico perto de pessoas que me fazem mal, ou carrego a carga de gerações, ou a minha relação com o meu pai não permite que “siga em frente”… E uma panóplia de soluções, do coaching à mesa radiónica.
É muito cómodo atribuir a factores externos os problemas que enfrentamos na vida, os mesmos erros que cometemos sucessivamente. É por isso que a religião foi criada; para podermos pedir a intervenção de algo que consiga alterar o que nós não conseguimos.
É igualmente aprazível afastarmo-nos de pessoas que são “tóxicas”… “mesmo os pais”, como dizia uma jovem num perfil patrocinado do Instagram. A sério? Vai tão longe o egoísmo? Vai, e é incentivado em nome do bem-estar. O que importa o que os pais fizeram por nós desde que entrámos no mundo; o que importa que o colega esteja a “sugar-nos a energia” porque está só e necessita de alguém que o ouça… não importa nada, o bem estar pessoal é o que interessa.
Mas que merda de mundo é este?

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.