Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas do Chão Salgado

resistir e criar, por mais que nos salguem o chão dos dias | crónicas, memoirs, leituras e imperdíveis por aí

Crónicas do Chão Salgado

resistir e criar, por mais que nos salguem o chão dos dias | crónicas, memoirs, leituras e imperdíveis por aí

horta em dia de Senhora das Candeias

8B765592-121D-4DCB-BCE4-F30653DFE445.jpeg

Hoje é dia da Senhora das Candeias.

Se a Senhora rir, está o inverno para vir. Se chorar, está o inverno a passar.

Por aqui, nem ri nem chora, pelo que fico na incerteza. Estado a que já estou habituada.

Foi dia de lançar algumas sementes aos vasos e outras, às caixas de ovos... que nascerão dentro de casa, só saindo como pequenas mudas lá para Março. Saem, se as noites nao estiverem muito frias. 

Vivendo num sítio de temperaturas amenas, faço a minha "horta" nesta altura... e não faço só para mim. Faço também para os meus amigos para quem uma semente é um mistério maior que uma gravidez... 

A foto (horrorosa, que vergonha) é um canto resguardado duma varanda, onde esperemos que a vida brote.
Não é a lezíria onde cresci, mas basta para matar saudades de sentir as mãos na terra...

 

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.