Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas do Chão Salgado

resistir e criar, por mais que nos salguem o chão dos dias | crónicas, memoirs, leituras e imperdíveis por aí

Crónicas do Chão Salgado

resistir e criar, por mais que nos salguem o chão dos dias | crónicas, memoirs, leituras e imperdíveis por aí

claro que acredito no amor

D090810A-63CE-470F-B282-2704147200E6

Claro que acredito no amor.

Como acredito na fome, no frio,

em dores e cansaços.

Acredito no que me dói no corpo

          chuva de pedras e sóis

          a lacuna entre os braços

 

 

foto: Liliana Queiroz, 2020... parece há  uma eternidade... 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.